1 de abril de 2015

Um segundo apenas

É como em "A Culpa é das Estrelas". Todo mundo sabe e diz que "alguns infinitos são maiores do que outros", mas nem todos entedem como pode existir um infinito de momentos em algo que parece tão simples e insignificante, um segundo. E será que os infinitos guardados dentro de alguns segundos são realmente o suficiente para mudar uma história?
Você chega em casa ao meio dia com sol e sai a tarde com chuva. Sai para trabalhar pela manhã e volta a noite sem emprego e sem rumo algum. Vai ao shopping no sábado a tarde olhar um filme no cinema e agradar a namorada, mas não sabe se talvez não vai cair no meio do estacionamento envolto por escombros e roupas, junto a pessoas que nunca viu na vida. Tudo isso, pode demorar um segundo, um minuto, ou meia hora, talvez mais. E são apenas pequenos momentos em grandes infinitos.
Sua vida passa na frente de seus olhos em menos de um segundo e, quando menos espera, ela não existe mais. É como um namoro que acaba de uma hora para outra, ou melhor, de um segundo para o outro em uma terça ou quarta à tarde em um dos últimos dias do verão. Ou um acidente de moto no meio da noite mais escura de todas as noites no início do Outono de um ano qualquer.
Já pensou que enquanto você olha pela janela no meio da manhã para ficar no máximo um minuto refletindo sobre nada, talvez tenha acabado de acontecer um acidente de carro perto de você? Que certamente um lugar sofre pela insistente chuva e outro pelo Sol forte e a seca insuportável? Quem diria que parte das sacadas de um prédio poderiam desabar no final do dia e alguém ter escapado da queda por causa de alguns infinitos e, ao mesmo tempo, finitos segundos? Tudo isso, em um espaço de tempo que você considera desconsiderável.
Ah, os segundos...
Segundos, ou apenas um deles, podem fazer o aluno mais dedicado do Ensino Médio perder o ENEM em um domingo à tarde, pois esperou, esperou, esperou e ônibus até hoje não chegou.
E se você tivesse comprado alguns segundos antes aquele celular que tanto queria? Talvez recebesse um celular diferente e nunca teria que mandá-lo para o conserto.
Já pensou em tudo que pode acontecer em apenas um segundo? E tudo isso acontecendo ao mesmo tempo. Um filho nascendo. Um carro batendo. Um capacete voando. Um homem trabalhando. Outro traindo. E uma mulher tirando fotos de uma grande montanha. Um casal se beijando e outro terminando. Um escrevendo. Um lendo. Um viajando. Outro voltando. Um cantando. Outro morrendo. Alguém comprando e outro vendendo. Tudo isso, ao mesmo tempo. Um segundo.
É, com certeza, segundos são mais do que suficientes para mudar o mundo. Imagina um minuto então. 
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...