8 de agosto de 2014

O Aprendiz

Crescer, aprender e desenvolver habilidades é a principal função dessa classe trabalhadora que é pouco conhecida por muitos, mas muito presente nas maiores empresas. Mais do que você imagina. Entenda, eles estão no meio de nós, devem ser observados e nunca tratados com como piada. A não ser que, no futuro, você queira se tornar uma chacota que é engraçado apenas para os outros.
Eles trabalham por menos tempo, ganham bem menos em todo o início do mês e precisam estar sempre dispostos para qualquer atividade, pois a função deles, além de auxiliar no crescimento da empresa e do seu setor, é aprender, evoluir e desenvolver suas próprias qualidades e conhecimentos profissionais. São Aprendizes. Meninos e meninas que começam cedo, mas que muitas vezes não recebem o devido valor.
Alguns são preguiçosos e desinteressados, tanto que irão com uma bermuda da cor do chão na primeira reunião que tiverem a presença do presidente, mas são esses que um dia estarão arrependidos por não terem aproveitado a oportunidade que os foi dada. Outros são esforçados, interessados e tem a consciência de que cada ato deles dentro da função de aprendiz pode influenciar no que serão no futuro. O problema é que muitas vezes aqueles que mais correm atrás de um caminho "correto", não tem os melhores chefes - o que pode causar uma perda gigantesca de rendimento. Outros simplesmente caem de para-quedas no lugar errado e se viram para não decepcionar.
Você, orientador de aprendiz, esforce-se tanto quanto o seu inexperiente funcionário para que todos possam crescer e evoluir juntos, não trate um jovem como se ele fosse irresponsável e incapaz de realizar tarefas maiores, nem faça ele se sentir um escravo. Coloque-o em baixo de seus braços e conte uma piada, seja parceiro e não um chefe turrão. Jovens diamantes devem ser lapidados e valorizados.
E você, jovem, que tem talento e futuro, aproveite isso, mas nunca tente demonstrar superioridade diante das outras pessoas, não rebaixe ninguém e cresça por seus próprios méritos. É aquela velha história: Se te atirarem pedras para que caia do penhasco, pegue elas e construa uma ponta para chegar ao outro lado dele.
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...