27 de agosto de 2014

Frente e verso

Problemas! Eles acontecem com todo mundo. Alguns sofrem por amor, outros pelo desemprego e os mais necessitados pela falta de alimento para botar na boca dos filhos. O correto é dizer que cada um tem um problema, e o seu problema vai ser sempre o pior na sua própria opinião.
"Ai, é simples. É ele decidir se ama ela, ou não".
"Arrumar emprego é mais fácil que tirar doce da boca de criança".
"Para, hoje ninguém morre de fome, vários programas do governo ajudam as pessoas carentes".
Quem nunca falou uma coisa desse tipo em uma situação um pouco diferente? É normal. Alguém que tem um problema sempre vai dizer que o seu é o mais complicado de ser resolvido. Pode ser um arranhão no carro diante de batida violenta, sempre dá para arrumar um jeito de vender sua própria imagem como a de o "maior coitado de todos".
Os italianos diriam que "é vero" que a gente chora demais, reclama demais e está sempre insatisfeito. Mas vamos fazer o que? Tudo isso é resultado de um sentimento. Tanto faz se é amor ou é ódio, todo mundo tem do que reclamar. Porém, além de reclamar, sempre temos um tempinho para se vangloriar por alguma coisa, e daí mudamos tudo. Mudamos de lado. Jogamos a mesa para o alto e ela cai de ponta-cabeça.
Bom, o que eu quero dizer é que se tu tá sofrendo por amor agora, pode ser que há dois dias estava virada em sorrisos tortos e alegres por conseguir simplesmente ter essa pessoa do teu lado, que por coincidência, é a mesma que tem te deixado confusa e tem lhe feito chorar nos últimos dias depois da escola. Se hoje se lamentar por ter perdido a final daquele campeonato, é porque um pouco antes você explodiu em felicidade por ter passado da semifinal dele.
E isso tudo são provas. Provas de que tudo na vida tem ação e reação. E isso não aprendi na matéria de Física, na escola, com o professor Galileu. Aprendi na matéria da Vida, na escola dela própria, da Vida. Se vangloriar hoje, no futuro pode te fazer sofrer. E sofrer, no futuro pode te fazer se vangloriar. Do mesmo jeito que o sofrimento não é eterno, as ondas rasas, tranquilas e alegres também não são. Toda a folha tem frente e verso, e você vai ser obrigado a olhar os dois lados dela.
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...