21 de dezembro de 2013

Quer ser colunista? Parece fácil

Esse não é só mais um texto que vai para o jornal e nem mais uma das minhas críticas longas, construtivas e, às vezes, destrutivas aos defeitos da sociedade. É a pura realidade de algo puramente real. Um sentimento que vem banhado de energias boas e alegria. São as dificuldades e a realidade de alguém com 18 anos que buscou, lutou, correu atrás e aceitou o desafio de escrever uma coluna semanal, dando a cara para os críticos e os indignados.
Primeira edição foi publicada no dia
30 de Novembro na Folha Popular de Teutônia
Se eu tinha dúvida do que escrever na primeira coluna? Claro que sim. É uma dúvida grande e difícil de ser resolvida. E eu demorei. Foram mais de 10 arquivos do WordPad criados e nada me conformava. Nada eu aceitava. Sabe aquela raiva boa? Foi isso que eu senti.
Parecia ter uma sombra por trás da minha cadeira e foi dela que eu falei no meu primeiro texto. Falei da minha, da tua, da nossa sombra invejosa e perseguidora. E eu não aprovei a “Tua Sombra”. Sem graça, meio rimada e com pouco sentido. Mas é tudo culpa da inveja.
Depois de uma sombra ruim, tive que implorar mil curtidas aos meus leitores. Óbvio que não fui atendido, pois não tirei foto seminu para postar nas redes sociais, mas o texto rendeu uma boa quantidade de acessos no blog e até um elogio da “mulher do chefe”. Momento especial. A alegria do primeiro elogio em público pelo meu segundo texto publicado e assinado em jornal.
Sem paciência, tive que resgatar o assunto dos protestos e dar uma bronca geral na galerinha que insistiu em ir para as ruas alguns meses atrás, porém, hoje só usa o tempo livre para dormir. Uma prova da fraqueza é o aumento das passagens urbanas em Santa Cruz do Sul. E agora? Ninguém mais abre a boca para criticar.
Depois de um texto fraco, um crítico e um instigante, chegou a vez de falar de uma coisa boa e falar com clareza. Falei do Natal e de como as coisas estão menos valiosas nesses últimos anos. Gostei. Texto leve e que diz que falta a empolgação e a animação de um bom Natal. E a quarta edição da coluna “Vozes de um Garoto” você encontra na Folha Popular deste sábado, dia 21, ou durante esta semana no meu blog.
Essas foram as primeiras palavras de um blogueiro novo. Mais você só encontra no www.vozesdeumgaroto.com.br e com exclusividade. Todo o mês você saberá o que passa pela cabeça de alguém jovem e que escreve para um dos jornais mais lidos da nossa região.

O preview você encontra em www.popularnet.com.br e o completo só nas terças e sábados na porta da sua casa ou no Supermercado Languiru, do Bairro Languiru. Mais informações em 3762-2440.
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...