18 de junho de 2013

O Brasil acordou, acorde você também



Onde está a juventude alienada que todos os acomodados criticavam? Agora os adolescentes protestantes que lutam por seus direitos serão chamados de que? baderneiros? #ACORDABRASIL


Há anos o poder quebra todos os meus direitos e destrói com muitos dos meus sonhos. E vocês vão insistir em criticar quem luta pelo certo, porque quebrou uma placa, uma vidraça e trancou uma rua? Por favor, tire a venda da alienação de seus olhos e veja que muitos tentam mascarar a verdade, e encontram meios de fazer com que o povo fique contra o próprio povo. Os meios de comunicação são interessantes, porém muitos se omitem da realidade e mostram apenas um lado da história. Chega desse papo burguês. Eu quero ter ainda mais orgulho do MEU BRASIL, do SEU BRASIL, do NOSSO BRASIL. Dessa nação imensa, que é tão simpática e tem como a beleza principal, o sorriso no rosto de todos. E agora, larga desse sorriso e vai as ruas para protestar e reivindicar os seus direitos.

Se eu tentasse escrever um texto completo com tudo que vem a minha cabeça sobre estas manifestações, com certeza eu demoraria muito tempo, muito tempo mesmo, para terminá-lo. São muitas ideias, muitos pensamentos, muitos lados, muitas verdades, mentiras e atitudes, certas ou erradas. E eu não me prendo apenas ao investimento feito para a Copa do Mundo, pois não é apenas esse o ponto alto da história. A corrupção é quase clichê no Brasil, e os interesses financeiros tomam conta das ações, pensamentos e atitudes de grande parte das pessoas. Pessoas que lutam para sobreviver no meio de tanta desigualdade.

Governantes, entendam, por favor! Eu quero ter saúde, eu quero meus filhos crescendo com uma boa educação, eu quero uma polícia que receba o que realmente merece, trabalhando pra me manter protegido e toda a minha família também, eu quero ser pobre, mas um pobre feliz, trabalhando e tendo condições para viver, quero que todos esses impostos que eu pago com carro, casa, alimentos, móveis, etc. valham realmente a pena ser pagos. Quero que a classe alta esteja mais próxima da classe baixa. E que o suor do povo brasileiro seja sentindo por cada um de nós, todos os dias.

Quero manifestações e protestos, não quero reclamações e xingamentos. Aliás, “querer” é uma palavra muita usada, porém muitas pessoas continuam querendo, querendo muito, mas nunca conseguem conquistar o que querem. E esse é o meu caso, eu quero muitas coisas, e não consigo metade delas. E é por isso que eu apoio os jovens protestando, o protesto que respeita é saudável, é feliz e é espetacularmente conquistador.

Eu faço um pedido para você motorista que esteve trancado no trânsito devido a alguma manifestação nos últimos dias, ou ainda vai ficar: Não critique os protestantes! Una-se a eles, saia do seu carro, lute pelos seus direitos e destrua essa corrente de irresponsabilidades e "bagaceirices políticas" do Brasil!

Proteste, proteste muito, lute pelos seus direitos, vá atrás da "igualdade" e exija respeito dos seus governantes, mas jamais prejudique famílias e pessoas que, como você, também querem ter seus direitos respeitados. Não seja um "IDIOTA", pois são essas atitudes irresponsáveis de alguns "falsos protestantes" que passam a imagem de uma juventude descontrolada e baderneira.

Avalie o seu comportamento, e não apenas o comportamento alheio. Seja um guerreiro brasileiro, aja com o coração e a razão, torne o Brasil um país ainda maior em felicidade e alegria, pois essa é a nossa marca registrada. Imagine como seriam os brasileiros se a impunidade e a injustiça fossem insignificantemente pequenas e a corrupção uma simples fase vivida no passado.

Você que só critica essas atitudes protestantes e agora está pensando em criticar tudo o que eu escrevi aqui, me faz um favor? Vai estudar e deixa de ser um alienado. Eu vivo na geração Y, a mesma que é massacrada por muitos, mas que vai está dando a volta por cima e vai mudar esse país.

Por: Deivid Rafael Tirp
Jovem indignado e trabalhador
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...